Está aqui

Cascais apresenta balanço da adaptação local às alterações climáticas

Quinta, 23 Novembro 2017
Alterações Climáticas
O balanço do trabalho desenvolvido em Portugal em matéria de adaptação local às alterações climáticas vai ser apresentado por Cascais no Seminário Adaptação Local às Alterações Climáticas, que tem lugar amanhã (24 de novembro) em Vilamoura.

A iniciativa é organizada pela Rede de Municipíos para a Adaptação Local às Aterações Climáticas, da qual Cascais faz parte.

Cascais foi assim responsável por fazer o primeiro processo de monitorização da rede constituída por 30 municípios, ficando responsável pela análise do impacto na rede da adaptação a nível nacional. As boas praticas aplicadas no município no domínio dos recursos hídricos, nomeadamente no abastecimento e redução de perdas de água, é outro dos temas que será abordado por Cascais.

O Seminário Adaptação Local às Alterações Climáticas é um dos primeiros eventos que tem a chancela da Rede de Municipíos para a Adaptação Local às Aterações Climáticas, criada no final de 2016 por 30 municípios depois do trabalho desenvolvido no âmbito do projeto ClimAdaPT.Local.

O seminário visa capacitar técnicos municipais sobre as alterações climáticas e a adaptação ao nível local; sensibilizar e capacitar o maior número possível de municípios e outros atores para os desafios das alterações climáticas e da sua adaptação; além de dinamizar a partilha de boas práticas e promover a troca de conhecimentos.

Entre os temas a abordar estão instrumentos e métodos para a adaptação em áreas como metodologias participativas, cartografia, análise custo-benefício, financiamento, monitorização do ciclo urbano, entre outras. A adaptação em sectores como zonas costeiras, florestas, recursos hídricos e turismo também serão detalhados na iniciativa que conta ainda com experiências internacionais, de empresas privadas, instituições de investigação, entre outros.

Recorde-se que Cascais apresentou a 15 de setembro o seu Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas – Cascais 2030, que  identifica 13 medidas que integram um total de 80 ações a serem  implementadas no município, e que terão impacto imediato na segurança de pessoas e bens. O Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas – Cascais 2030 tem na sua génese uma inovação: teve como base um longo processo consultivo aos munícipes e técnicos de diversas instituições para a sinalização de prioridades nos projetos e ações a implementar

Linha Cascais

x

Fale connosco

800 203 186

Em rede